BLOG

eTA – Visto Eletrônico Para o Reino Unido

Compartilhe

Reino Unido exigirá autorização eletrônica para entrada de turistas brasileiros e europeus!

Viajantes que quiserem visitar o Reino Unido serão obrigados, em breve, a solicitar uma permissão para entrar no país. A Autorização Eletrônica de Viagem (ETA – da sigla em inglês) deve ser implementada até o fim de 2024, inclusive para visitantes brasileiros e europeus.

A exigência da ETA começou a ser planejada após a saída do Reino Unido da União Europeia. Na prática, a autorização é um formulário que o turista deverá preencher pela internet antes da viagem. A partir disso, ele receberá ou não a permissão para entrar no Reino Unido.

Por enquanto, a solicitação da ETA está disponível apenas para viajantes de países do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC).

A medida tem como prioridade a segurança das fronteiras com o Reino Unido, pois oferecerá informações de migração mais precisas. O programa ETA faz parte do plano do governo de digitalizar totalmente suas fronteiras até 2025.

“Ao lançar ETAs, podemos garantir que todos que desejam viajar para o Reino Unido tenham permissão para fazê-lo antes da viagem e recusar aqueles que representam uma ameaça.”

O que é o novo sistema ETA?

O governo britânico explicou que o sistema ETA não é um visto e servirá para fazer a triagem dos visitantes antes de chegarem ao Reino Unido.

Isso significa que essa medida poderá dar mais tranquilidade ao turista, que viajará com a certeza de poder entrar no país. Ou seja, em uma viagem comum, não precisará ficar ansioso ou preocupado com a imigração, pois saberá antecipadamente que tem autorização para visitar o Reino Unido.

Para preencher o formulário online da ETA, os viajantes vão precisar fornecer dados pessoais básicos e do passaporte, além de algumas informações relacionadas à segurança.

A maioria das pessoas terá a autorização aprovada rapidamente, segundo o governo. Os visitantes poderão fazer esse processo em casa mesmo, sem precisar ir até a Embaixada do Reino Unido.

Informações sobre a ETA

  •  A ETA estará disponível para mais de 60 nacionalidades;
  • A autorização será válida para entradas múltiplas;
  • Os titulares da ETA não precisam notificar as autoridades de imigração do Reino Unido se os itinerários de viagem ou os horários de chegada mudarem;
  • O acesso ao ETA estará disponível por meio de um aplicativo eletrônico, eliminando a necessidade de solicitar um documento de viagem em uma embaixada;
  • A permissão ficará vinculada eletronicamente ao passaporte do titular, eliminando a necessidade de impressões em papel.
  • O eTA vai custar £10 e o pagamento será processo com cartão de crédito;

Validade da autorização

Até o momento, o governo do Reino Unido não divulgou a validade de permissão da ETA. Entretanto, como a autorização é baseada no sistema de imigração dos Estados Unidos, provavelmente, ela será válida por pelo menos dois anos.

Atualmente, a maioria dos visitantes que não precisam de visto podem permanecer no Reino Unido por até 6 meses – incluindo brasileiros.

Os viajantes devem atender a todos os requisitos da ETA UK para viajar sem visto. A ETA será apenas para visitas curtas ao Reino Unido para fins de turismo, negócios ou trânsito.

Quais documentos são necessários para solicitar a ETA?

Quando o formulário for disponibilizado, os viajantes precisarão de:

  • Um passaporte nacional válido, biométrico, de um país elegível para a ETA;
  • Um endereço de e-mail ativo;
  • Detalhes da viagem;
  • Um cartão de crédito ou débito.

Clique aqui e fale conosco agora mesmo para contratar o nosso serviço para solicitar o seu visto eletrônico para o Reino Unido em 2024.

 

×